Após práticas antissindicais, NSF demite trabalhadores

A Direção do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté, repudia as demissões promovidas arbitrariamente contra os trabalhadores na NSF, no final desta quarta-feira (14/09).


No início da noite, o departamento jurídico da entidade bem como presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté, Vanderlei Strano, atenderam os trabalhadores demitidos na sede do Sindicato.


O Sindicato repudia as demissões, pelo fato de a categoria estar em plena Campanha Salarial e buscando negociações de data-base e PLR junto a empresa, e afirmou que não admite a tentativa de intimidação pela NSF.


“O Sindicato repudia esta prática antissindical, pois na semana passada, diversos trabalhadores denunciaram coerção, votações impostas sem consentimento do Sindicato, alteração no desembarque do transporte oferecido pela empresa, no qual visa impedir que o trabalhador tenha acesso a assembleia realizada pelo Sindicato, por isso sabemos que as demissões são para intimidar. Estaremos juntos nesta batalha, departamento jurídico, Sindicato e trabalhadores, e não mediremos esforços para ajudar os trabalhadores, porque esta ação se caracteriza como uma tentativa de intimidar outros trabalhadores e a entidade sindical”, declara Vanderlei Strano.