Metalúrgicos aprovam Mudança Estatutária e debatem a Campanha Salarial 2021

Os Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté aprovaram no domingo (22/08), no Clube de Campo do Sindicato, a Mudança Estatutária proposta pela Direção da entidade. Dentre as alterações estatutárias estão a mudança da Sede para o Clube de Campo, e o compromisso do Sindicato em conduzir suas assembleias num formato que possa abranger a maior quantidade de trabalhadores, seja presencial ou online.


Na oportunidade também debateram sobre a Campanha Salarial 2021, na base da FEM-CUT/SP as reuniões com os sindicatos patronais estão sendo realizadas virtualmente, o sindicato vem acompanhando essas negociações. A Campanha deste ano tem os eixos que são: + SALÁRIO, + VACINA, + EMPREGO, + DIREITOS e + UNIDADE.


Além de acompanhar as tratativas da Campanha com a Federação, o Sindicato procura negociar junto as empresas da base. Na semana passada a Direção participou de reuniões com representantes das empresas Electrolux (on-line) e Tecumseh (presencial), no qual debateram entre outras pautas sobre a Renovação das Cláusulas Sociais, porém outras reuniões devem acontecer nas próximas semanas.


Já na empresa Volkswagen a Campanha Salarial está negociada junto ao Acordo Coletivo e tem validade até 2024.


De acordo com o IBGE o acumulativo do INPC nos últimos 11 meses é de 9,46%, porém até a segunda quinzena de setembro deve ser apresentado a sua totalidade. A data-base da categoria é 1º de setembro.


Para o presidente do Sindicato, Vanderlei Strano, é uma satisfação receber as trabalhadoras e os trabalhadores no Clube de Campo. “Agradeço a todas e todos pela presença, aqui vocês conseguem ver os investimentos que estamos fazendo no Clube de Campo, o salão de festas, as quadras e o Box. Mais uma vez os metalúrgicos exerceram seu poder de voto e ajudam o Sindicato a se fortalecer. Sabemos que muitos direitos estão sendo retirados pela política que vem sendo implementada nos últimos anos, nesta conjuntura não há espaço para projetos pessoais, e o sindicato preza pela união e fortalecimento da categoria”, ressaltou Vanderlei.


Já para o Secretário Geral do Sindicato, Waldemar Muniz, as mudanças estatutárias que deliberamos aqui são de extrema importância. “As adequações que votamos aqui são necessárias para melhor atender o associado. No que diz respeito a utilização das redes sociais, as assembleias on-lines foram importantes para dialogar junto aos trabalhadores. A pandemia e os decretos estaduais e municipais nos forçaram a utilizar os meios eletrônicos, sendo assim, aprendemos outra forma de diálogo com os trabalhadores, as redes sociais do sindicato são sempre abastecidas com informações atuais. Aos poucos voltamos as portas de fábricas para o debate presencial, que é o que gostamos de fazer, estar junto ao trabalhador”, explica Waldemar.


A assembleia teve a presença do Companheiro Erick Silva, dirigente do Sindicato e atual presidente da FEM-CUT/SP.