Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté se solidarizam a luta dos trabalhadores na Caoa Chery

O Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté se solidariza a luta dos trabalhadores na Caoa Chery, contra o fechamento da empresa, em Jacareí (SP).


Nesta quinta-feira (05/05), a empresa anunciou a fábrica de Jacareí (SP) ficará fechada até 2025, período em que vai ser remodelada para produzir veículos elétricos e híbridos.


O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região afirma que a empresa falou em cerca de 400 demissões. A fábrica produzia o SUV Tiggo 3x, que sairá de linha, e o sedã Arrizo 6, que passará a ser importado.


O presidente do Sindicato do Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté, Vanderlei Strano, repudia a atitude da empresa e reafirma solidariedade aos companheiros na Caoa Chery. “A Direção dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté se solidariza a luta dos trabalhadores na Chery. Mais uma empresa que fecha as portas por falta de política industrial. Não podemos aceitar, apoiamos a luta dos companheiros e nos colocamos a disposição”.




Assista o vídeo no qual os metalúrgicos na Volkswagen São Carlos aprovam solidariedade a luta dos companheiros na Chery.