Sindicato realiza assembleia de mobilização na NSF

A Direção do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté, realizou na manhã desta quinta-feira (01/09), assembleia de mobilização junto aos trabalhadores na NSF. Na oportunidade os trabalhadores aprovaram disposição de luta por melhores condições de trabalho, por PLR, pela Campanha Salarial com reajuste decente e ticket alimentação.


Durante a assembleia, o presidente do Sindicato, Vanderlei Strano, contou que, recebeu denúncia de situações precárias na empresa. “Recebemos a denúncia de que havia irregularidades na empresa e estamos aqui para apurar. O Sindicato manda o recado que não assinamos acordo reduzindo o piso salarial dos trabalhadores”, declara.


Sobre a Campanha Salarial 2022, os Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté intensificam as mobilizações, e participam das rodadas de negociações junto aos grupos patronais, pela FEM-CUT/SP. A NSF pertence ao grupo 8, no qual a Convenção Coletiva de Trabalho venceu em agosto.


Os Metalúrgicos estão organizados e pressionando os patrões, pois cobram mais agilidade nas negociações tendo em vista que a data-base da categoria, já é neste mês de setembro.


De acordo com o presidente do Sindicato, Vanderlei Strano, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté, deixa claro que não vai aceitar perdas salarias e reivindica reajuste com aumento real, além de melhorias nas condições de trabalho com a renovação das cláusulas sociais. “ Na base metalúrgica de São Carlos e Ibaté, vamos pautar todas as empresas por reajuste salarial de 10%. Com isso, precisamos de unidade dos trabalhadores, organização e disposição de luta, pois se necessário votaremos aviso de greve, paralisações, para garantir os nossos direitos”, disse Vanderlei.


Outro ponto abordado na assembleia foi a importância do voto consciente, que é fundamental para mudarmos a realidade do país. Nessas eleições iremos escolher o presidente, governador, deputado federal, deputado estadual e senador. “Nesses últimos anos, tivemos muitos retrocessos com retiradas de direitos como a reforma trabalhista, reforma previdenciária e terceirização. Por isso, vote consciente em um representante que busque os direitos dos trabalhadores. Precisamos entender que trabalhador vota em trabalhador”, ressaltou Vanderlei Strano.


O Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté sempre atuante na luta pelo direito dos trabalhadores, alerta que é preciso manter a mobilização e pressionar os patrões, para que a categoria garanta avanços nas propostas.