VW: produção de carros elétricos suspensa até abril na Alemanha


A Volkswagen tem sido severamente afetada pela falta de componentes, especificamente chicotes elétricos, causados pela invasão russa da Ucrânia, onde os fornecedores do grupo alemão estavam localizados.


De acordo com a Automobilwoche (via Elerive), a principal fábrica do grupo para carros elétricos baseados na plataforma MEB em Zwickau não retomará a produção até o início de abril, depois que foi interrompida pela primeira vez no final de fevereiro (depois a pausa foi estendida de 7 de março a 18 de março).


A unidade foi projetada para 330.000 veículos elétricos a bateria por ano, incluindo os modelos Volkswagen ID.3, Volkswagen ID.4, Volkswagen ID.5, Audi Q4 e-tron, Audi Q4 Sportback e-tron e Cupra Born. O mesmo problema afeta a ‘Fábrica Transparente’ em Dresden, onde em menor escala a empresa alemã produzia o Volkswagen ID.3.


Em outras palavras, o grupo não está produzindo carros elétricos baseados na plataforma MEB na Alemanha. Esta é uma má notícia também para os compradores de veículos elétricos que terão que esperar mais tempo por seus carros.


Nos EUA, a situação pode ser ainda pior – porque a produção local de carros baseados na MEB ainda não foi iniciada, e as vendas dependem das importações da Alemanha.


Do InsideEVs

SMABC



VOLKSWAGEN – PLANTA SÃO CARLOS

O CSE (Comitê Sindical de Empresa), informou na segunda-feira (21/03), que a escassez de semicondutores e a falta de componentes diversos, volta a assolar as montadoras brasileiras, prejudicando toda a cadeia produtiva automotiva, que não se recupera desde o início da pandemia, e se agrava ainda mais com a Guerra na Ucrânia.


A Volkswagen, planta São Carlos dará férias coletivas para cerca de 200 trabalhadores, pelo período de 04 de abril a 14 de abril, com previsão de retorno no dia 18 de abril.


Além disso, o CSE negociou junto a empresa mais uma turma de Lay OFF, a partir de 18 de abril.





Assista o vídeo do Dirigente Sindical, membro do CSE Volkswagen, planta São Carlos, André Larocca.