Metalúrgicos na Tecumseh e Electrolux aprovam pacote de reajuste que garante avanços

A Direção do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté realizou no domingo (25/09), no Clube de Campo do Sindicato, assembleia junto aos trabalhadores na Tecumseh e Electrolux, referente à Campanha Salarial 2022.


Na oportunidade os metalúrgicos na Tecumseh aprovaram o pacote de reajuste salarial, no qual garante 9% que corresponde a REPOSIÇÃO DA INFLAÇÃO + AUMENTO REAL, aumento no TICKET ALIMENTAÇÃO e PLR/2023.


Os metalúrgicos na Electrolux também aprovaram o pacote de reajuste, que garante 9% de REAJUSTE SALARIAL (INPC + AUMENTO REAL) e AUMENTO NO TICKET ALIMENTAÇÃO.


Para o presidente do SINDICATO DOS METALÚRGICOS DE SÃO CARLOS E IBATÉ, Vanderlei Strano, essa é mais uma conquista importante para a categoria. “Mesmo com a conjuntura atual do país, a organização dos trabalhadores nas duas maiores empresas da base, TECUMSEH e ELECTROLUX, garantem a reposição da inflação e aumento real, com aumento no ticket, conquistas importantes para nós do Sindicato e para os trabalhadores. Na TECUMSEH temos o diferencial que inclui além do ticket, PLR para o ano de 2023. Parabenizo a Direção e os trabalhadores pela organização”, declarou Vanderlei.


Desde o início da campanha salarial, foram realizadas diversas assembleias de mobilização nas empresas da base.




CAMPANHA SALARIAL


A Campanha Salarial 2022 continua em toda a base, juntamente com as assembleias de mobilização para pressionar os patrões a fechar a Convenção Coletiva de Trabalho e/ou Acordos Coletivos junto ao Sindicato.


Para o presidente da FEM-CUT/SP, Erick Silva, a conquista pela Campanha Salarial na Tecumseh e Electrolux, são de extrema importância. “Temos que valorizar essa conquista. A Federação negocia em nove bancadas patronais, e nenhuma das nove sequer conseguimos chegar ao INPC, a luta está grande pelo Estado, e os patrões querem tirar direitos e parcelar o reajuste (INPC). Assim, a partir do dia 30 de setembro, a conquista dos trabalhadores na Tecumseh e Electrolux, vai servir de referência nas negociações pelo Estado”, comenta Erick.


O Dirigente Sindical e Coordenador do CSE Tecumseh, Eduardo Spinelli comenta o acordo negociado. “Foi importante a conquista na data-base, pois na contramão das propostas pelo setor patronal, foi negociado reajuste do piso salarial, PLR e Ticket, minimizando os impactos causados pela inflação”.


Para a vice-presidenta do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté, e Diretora da Mulher da Federação, Ceres Lucena. “Como temos observado, a deflação é para diminuir o salário do trabalhador. O custo de vida fica cada vez mais caro, os trabalhadores e as trabalhadoras estão com o poder de compra desvalorizado. Vamos continuar a mobilização, para garantir reajuste decente a todas as trabalhadoras e trabalhadores, bem como a manutenção de direitos", ressaltou Ceres.


A data-base da categoria metalúrgica é 1º de setembro.


GRUPO 10

As empresas da base que pertencem ao Grupo 10, estão desde 2017 sem assinar junto a Federação a Convenção Coletiva de Trabalho. O Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté por ser atuante e na luta pelos direitos dos trabalhadores, vem desde então pautando as empresas para negociar acordo coletivo.


Para o Secretária Geral do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté, Waldemar Muniz, a atuação do Sindicato e a união dos trabalhadores garantem os avanços. “Estamos pautando as empresas da base na busca por acordos coletivos, e com as empresas do grupo 10, já tivemos diversos acordos fechados, isso é muito importante. Mas vale ressaltar que a união e a participação de cada trabalhador na luta, são necessárias para a conquista”, explica ele.


Com mobilização, organização e empenho do Sindicato, as trabalhadoras e trabalhadores na Razek, DMC e Renaldo, aprovaram entre os dias 23, 24 e 25 de setembro, de forma virtual a campanha salarial 2022. Na oportunidade os trabalhadores conquistaram 10% de reajuste Salarial+ aumento no ticket alimentação.