Sindicato participa de debate sobre a Campanha Salarial 2022

A Direção do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté participou na quarta-feira (24/08), da reunião realizada na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba. Na oportunidade os dirigentes dos 13 sindicatos filiados à Federação (FEM-CUT/SP) debateram os encaminhamentos para a Campanha Salarial 2022.


No encontro foi feita uma avaliação sobre as negociações junto aos sindicatos patronais, abordaram os desafios da campanha, e consenso na luta pela valorização da categoria, com intensificação das mobilizações.


Nas negociações com as bancadas patronais os grupos têm sinalizado parcelamento do reajuste salarial, congelamento dos pisos salariais, além de revisão e retirada de cláusulas sociais das convenções coletivas.


Por isso, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté pede para as trabalhadoras e trabalhadores da base, ficarem atentos com as mobilizações pela data-base 2022, pois somente a organização e unidade garante as conquistas, tendo em vista que a data-base da categoria é 1º de setembro.


O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté, Vanderlei Strano, ressalta que continua as mobilizações pela data-base. “O Sindicato reafirma a disposição de luta por reajuste decente. Desta forma, vamos continuar a mobilização em toda a base, pois somente unidos chegaremos ao final de uma data-base com avanços e manutenção de direitos”, explicou Strano.

Coletivo de Mulheres

O Coletivo de Mulheres da Federação dos Sindicatos Metalúrgicos da CUT São Paulo (FEM-CUT/SP), encabeçado pela Diretora da Mulher e vice-presidenta do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté, Ceres Lucena, também esteve presente na atividade da Campanha Salarial na quarta-feira, dia 24, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba.


Durante o evento, também foi realizada a reunião do Coletivo de Mulheres, na oportunidade as metalúrgicas entregaram uma ”Carta Compromisso” ao pré-candidato a Deputado Estadual, Herivelto Vela, reivindicando compromisso com a pauta das mulheres.



Foto: Adonis Guerra/SMABC







Assembleia na Gerdau, em Pindamonhangaba